X

“Sílvio”

Ora desaparece na escuridão, consciência da perda; ora mergulha na luz do dia, possibilidade de fuga que dialoga com a possibilidade de ver a claridade solar.
Mas é por se aproximar muito da luz do dia, averiguando-a, dissecando-a, que o dia passa a afligi-lo na sua terrível crueldade.
Como é desestruturada a ordem do mundo!
E como o dia é louco na sua constituição!
Permanentemente atormentado por uma falsa verdade que rejeita, vive uma irrespirável interioridade sem exterior.
Não à ilusão do idílio solar!
Não à segurança falsa das leis e da ordem!
Incapaz de dividir com o outro a consciência do mundo em ruína, acolhe uma gata. Contemplativa e esquiva, misteriosa e calma, distante e próxima, com grande capacidade de sobrevivência em ambientes hostis, a gata Mia oferece uma gama de metáforas amplas para a compreensão deste homem singular e profundo.
Sílvio. Mia. Deles aparecem fotografias e sombras, num corpo de sensações misturadas em imagens captadas de Sílvio e Isabel. (Isabel Campos)


NOTABIOGRÁFICA

Isabel Campos, portuguesa, nascida em Angola, em 1970. Licenciatura emComunicação Social na Escola Superior de Jornalismo do Porto, em 1996, Pós-graduação em Direito da Comunicação na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1997.
Funções profissionais de Jornalista e Editora em rádios locais, na região de Lisboa, entre 1998 e 2014, ocupando-se da pesquisa, escrita e edição de notícias, nomeadamente, no âmbito da política, sociedade, cultura e desporto.
Lecionação da disciplina de Didáticada Comunicação Social na Escola Superior de Educação Jean Piaget, em Macedo de Cavaleiros, no ano letivo de 1998-99.
Conclusão, em2018, do Curso de Fotografia para Foto jornalistas no Cenjor, em Lisboa.
Em 2019, inscrição no Mestrado de Comunicação Audiovisual – Cinema eFotografia Documental na ESMAD, Vila do Conde, no qual se encontra envolvida até hoje, com interrupção do seu decurso durante um ano.
Realização de vários trabalhos práticos e teóricos no âmbito dasUnidades Curriculares de Contexto e Análise de Narrativas, Métodos deInvestigação em Comunicação Audiovisual, Estética, Especialização Avançada,Estética, Seminário e Políticas do Audiovisual.
Atualmente, candidatou uma comunicação à XXII Conferência Internacional de Cinema de Viana do Castelo, para o painel Fotografia e Memória, com o título: Dissenso do retrato e do autorretrato num sujeito vulnerável.

Instagram — The Cave Photography