X

A publicação é um estudo sobre a imagem fotográfica impressa produzida como instrumento de propaganda pelo Estado Novo português. Uma referência para historiadores, investigadores, colecionadores e fotógrafos.

Através da montagem e da fotomontagem, a fotografia impressa durante o Estado Novo em Portugal explorou as possibilidades narrativas e conotativas da imagem em diferentes media, tornando-se relevante tanto na propaganda oficial como nos discursos de oposição ao regime.

Coordenado por Filomena Serra, o livro inclui 238 reproduções de 50 publicações históricas que vão de 1928 até ao fim da ditadura em 1974 (livros, revistas ilustradas e catálogos), organizadas em quatro capítulos temáticos e acompanhadas por comentários que resumem e contextualizam cada uma das publicações referidas.

O livro será apresentado por:
Bernardo Pinto de Almeida, poeta, ensaísta, crítico de arte e curador, além de professor catedrático da FBAUP
Luiz Carvalho, fotógrafo e arquiteto

Editorial Muga


NOTA BIOGRÀFICA

FILOMENA SERRA, doutorada em História da Arte Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, é membro integrado do Instituto de História Contemporânea da mesma universidade. Tem apresentado e publicado inúmeros seminários, artigos e livros. Foi co-curadora da exposição de arte contemporânea «(Co)Habitar», que inaugurou a nova sede, em Lisboa, da Casa da América Latina/UCCLA; e ainda da exposição«Fotografia Impressa e Propaganda visual em Portugal (1934-1974)» (BibliotecaNacional, 2019).

Das suas publicações contam-se estudos sobre os modernistas portugueses, bem como de artistas contemporâneos como Fernando Lanhas e René Bertholo (Editora Caminho, 2005 e 2006); e, ainda, sobre Ângelo de Sousa (Revista Artis). Colaborou no livro comemorativo 1915 Orpheu, organizado por Steffen Dix (Tinta-da-China, 2015). Organizou o número especial da revista Comunicação Pública, «Fotografia e Propaganda no Estado Novo» (vol. 12, nº 23, 2017) https://journals.openedition.org/cp/.  Publicou em 2020, o livro Projectos Editoriais no Estado Novo. Imagens e Contra-Imagens (ICS, 2020) e, recentemente, Fotografia Impressa e Propaganda em Portugal no Estado Novo (Ed. Muga, 2021). Foi Investigadora Responsável do Projecto FCT - “Fotografia Impressa. Imagem e Propaganda em Portugal (1934-1974).