X

Cada vez mais os que eram os marginais de ontem são a consciência de hoje. Abre-se as portas para o desejo de designar um espaço cada vez mais lato e disposto a discussão, onde a expressão quer na formula e a narrativa torna-se lata e intangível. Nesta conversa faremos uma apresentação da arte enquanto testemunho, bandeira de uma diferença que gostaríamos de esbater.
O artista visual David Trullo falará do seu trabalho em relação com as questões de género, representação da masculinidade e identidade quer, junto como trabalho de outros artistas instalados na mesma conceitualização política da arte, com a fotografia como suporte indispensável para confrontar estereótipos, revisar a história da arte e dar forma para expressar o que se conhece como arte de género.

 

BIO

Vítor Nieves(Galiza)
Curador independente, editor, docente e fotógrafo.

Foi curador de mais de 100 exposições de fotografia. Fez curadorias para festivais de fotografia como o Outono Fotográfico (Galiza), do qual é director artístico, os Encontros da Imagem e o iNstantes (Portugal), os Encontros de Agosto, o Paraty em Foco e o Verbo Ver (Brasil), e o Photoalicante (Espanha). Comissariou exposições para numerosas galerias e museus. Foi coordenador da Lab_in Gallery e director da Galeria Sargadelos (Galiza). É coordenador do Prémio Galiza de Fotografia Contemporânea, formador de Curadoria Fotográfica no Master de Fotografia Artística do Instituto de Produção Cultural e Imagem (IPCI) e docente de fotografia na Câmara Municipal do Barco de Valdeorras (Galiza).

Como editor, destaca o trabalho feito para a editorial Difusora de Letras, Artes e Ideas. Frequentemente escreve crítica fotográfica para publicações especializadas.

www.vitornieves.com

 

David Trullo (Madrid, 1969)
https://davidtrullo.com/

Licenciado em Belas Artes pela Universidad Complutense de Madrid. Realizou numerosas exposições em galerias, museus e centros de arte em Europa e América desde 1993. Participado em feiras e festivais como ARCO, Estampa, Photo España, Backlight Photo Festival, Art Miamio The Armory Show. Recibio becas de residência no Irish Museum of Modern Art, Dublin e a Sociedade Karl Hofer, Universität der Kunste, Berlin. As suas últimas exposições individuais foram no Museu de Artes Decorativas e no Museu Lázaro Galdiano, em Madrid.

No seu trabalho utiliza distintas disciplinas como a fotografia e a cerâmica em projetos relacionados com a iconografia e o género, os seus distintos níveis, contextos e processos de reprodução, representação e distribução.

FB https://www.facebook.com/david.trullo.artworks/
IG @davidtrullo